Sobre

O Theatro José de Alencar, equipamento que integra a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, foi inaugurado em 1910 e desempenha, desde então, significativos papéis na vida cultural cearense. Além da destacada importância patrimonial e histórica, o equipamento oferece uma ativa e diversificada pauta de atividades culturais e artísticas. Funcionando como um Centro Cultural com mais de 12 mil metros quadrados, o TJA é um lugar de encontro, referência artística e turística no Ceará. Tombado em 1964 pelo Instituto do Patrimônio Histórico Artístico e Nacional, o IPHAN, possui grande valor arquitetônico, sendo considerado um dos mais belos Teatros Monumentos do Brasil.

Em 1991, um novo prédio foi incorporado ao Theatro José de Alencar: Centro De Artes Cênicas Padaria Espiritual – Anexo Cena. Um espaço anexo da edificação centenária com 2600 metros quadrados onde estão abrigados: o Teatro Morro do Ouro, com capacidade para 90 lugares; a Praça Mestre Pedro Boca Rica, com palco ao ar livre e capacidade para 300 pessoas; a Biblioteca Carlos Câmara; a Galeria Ramos Cotoco, a Cantina do Muriçoca, a Oficina de Figurino Flávio Phebo, Oficina de Iluminação Álvaro Brasil, a Oficina de Cenografia Helder Ramos e cinco salas de estudos e ensaios, além das salas administrativas do TJA.