Cantina do Muriçoca

Carinhosamente conhecido como Muriçoca, nasceu no Crato no dia 03 de setembro de 1914. Em 1932, quando se alistou para servir nas forças provisórias, durante a revolução de 30, veio do Crato para Fortaleza e teve o teatro como primeira casa na capital, que funcionava como quartel na época. Foi cobrador da sociedade dos merceeiros; em 1965 ele passou a atuar no TJA, como contra-regra, por influência do diretor de teatro Domingo Gusmão de Lima. Em 1973 foi nomeado funcionário do Theatro. Símbolo de amor ao Theatro José de Alencar dedicou quase quatro décadas de sua vida a este equipamento cultural. Passou por várias funções até assumir o cargo de porteiro no qual tornou-se referência por sua postura, ética, afetuosa e acolhedora. faleceu em fortaleza no dia 21 de dezembro de 2003.

A Cantina do Muriçoca abre pela manhã e encerra suas atividades com o horário do CENA, atendendo à visitantes e estudantes com um almoço caseiro e lanches diversos.