FUNCIONAMENTO DO THEATRO JOSÉ DE ALENCAR

Geral: de terça a sexta, das 9h às 18h; sábados e domingos, das 14h às 18h;
Bilheteria: de terça a domingo, das 14h às 18h;
Galeria Ramos Cotoco: de terça a sexta, das 9h às 18h; e sábado e domingo, das 14h às 18h;
Biblioteca Carlos Câmara: de terça a sexta, das 9h às 12h e de 14h às 17h;
Figurino Flávio Phebo: de terça a sexta, das 9h às 12h e de 14h às 17h;
Café Iracema: de terça a domingo, exceto feriado, das 14h às 18h;
Cantina do Muriçoca: e terça a sexta, das 9h às 18h; e sábado e domingo, das 14h às 18h;
Visita Guiada TJA: terça a sexta: 9h 10h 11h – 14h 15h 16h 17h, sábados: 14h 15h 16h 17h e domingos: 14h 15h 16h | Ingresso: R$ 10 e R$ 5 – Gratuito para grupos de instituições de ensino públicas e ONGs | Agendamento de Grupos: (85) 3101.2567.

FORMAÇÃO

[FORMAÇÃO] Curso Princípios Básicos de Teatro – CPBT
Terça-feira a sexta-feira – 09h às 12h, 13h às 17h e 18h às 21h
Informações: 31012584 / 31012562 ou tja.cpbt@gmail.com

O curso é realizado pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) por meio do Theatro José de Alencar, em parceira com a Secretaria de Educação do Estado do Ceará desde 1991. Em 2019, completa 28 anos de atividades ininterruptas. O CPBT tem como público-alvo adolescentes e jovens adultos interessados em iniciar os estudos em práticas teatrais. Os fundamentos pedagógicos são norteados pela formação cidadã, por meio de experiências construtivas, lúdicas e estéticas. Hoje as aulas são ministradas pelos professores Joca Andrade, Juliana Veras e Neidinha Castelo Branco. Nova turma em 2020.

[FORMAÇÃO] Escola de Narradores
Organização: Cia. Catirina/Ateliê da Palavra e Balaio de Histórias
Sábados, de 14h30 às 17h30
Informações: escoladenarradores@gmail.com / (88) 99998.9833

Desenvolvendo projetos de formação de narradores e educadores desde o ano de 2002, a Cia. Catirina/Ateliê da Palavra e Balaio de Histórias alicerça sua pesquisa na cultura popular tradicional brasileira, mesclando as linguagens cênicas do teatro de rua, do circo, música e a contação de histórias. A Escola de Narradores é uma escola de narração oral que se propõe a investigação e a difusão da arte de contar histórias no Brasil e no mundo, contribuindo para a formação de agentes transmissores do conhecimento literário em nossa cultura oral e escrita.

[RESIDÊNCIA ARTÍSTICA] Ensaio Cais – Coral da Associação da Izaíra Silvino
Terças-Feira e Quintas-Feira – Anexo CENA do TJA
Informações: izaira_silvino@yahoo.com.br

Um coro espetáculo, itinerante, com inscrições abertas a cada quatro meses, para um novo espetáculo. São três espetáculos anuais: o primeiro, em louvor ao feminino do planeta; o segundo em louvor à cultura popular (como expressão da luta e da resistência humana!); e o terceiro, em louvor à alegria do nascer todo dia! Regente – Izaira Silvino e Regente Assistente – Wilker Silva

[RESIDÊNCIA ARTÍSTICA] Academia do Riso: Escola de Iniciação à Palhaçaria
Terças-Feira e Quintas-Feira – 18h às 21h30 – Anexo CENA do TJA
Informações: (85) 99921-7105 / 98845-9318 – E-mail: academiadorisoceara@outlook.com

Com parceria renovada, a Academia é Residência Artística vinculada ao Theatro José de Alencar e à Secretaria de Cultura do Estado do Ceará realiza as inscrições da quinta turma da “Academia do Riso: Escola de Iniciação à Palhaçaria”. Trata-se de um projeto de formação e capacitação artística e cultural na linguagem do palhaço e do circo.

>> EXPOSIÇÕES

[Artes Visuais] Exposição: “Imagens: 18 anos de resistência”, do Grupo Imagens de Teatro (Chamada de Ocupação 2019)
06 a 11 de dezembro – Galeria Ramos Cotoco
Visitação de terça à sexta, 9h às 19h – Sábados e domingos, 14h às 18h  – Gratuito – Livre
A exposição “Imagens: 18 anos de resistência” é um recorte da trajetória dos 18 anos do Grupo Imagens com registro fotográfico do repertório sob o olhar dos fotógrafos: Sol Coêlho (em memória), Willian Ferreira e Tim Oliveira. O Imagens, um coletivo que integra a cena da cidade de Fortaleza de modo sempre atuante, debruça-se, desde 2003, ao mapeamento da dramaturgia de Plínio Marcos e Qorpo-Santo – autores essenciais do teatro brasileiro.

[Artes Visuais] Abertura da Exposição em Comemoração aos 20 Anos da Trupe do Riso
28 de novembro – Corredores do Anexo CENA do TJA
Visitação de terça à sexta, 9h às 19h – Sábados e domingos, 14h às 18h  – Gratuito – Livre
Exposição comemorativa dos 20 anos da Companhia De Teatro Trupe Do Riso com fotos em banners e uma Roda de Conversa com os artistas que já fizeram a Trupe do Riso brilhar e alegrar hospitais. Na exposição será retratado o trabalho realizado junto aos hospitais ao longo desses anos. 

[Artes Visuais] Exposição: “​O VESTIDO “ – Atrizes em cena, Sol Moufer. (Chamada de Ocupação 2019)
17 de dezembro a 20 de janeiro – Galeria Ramos Cotoco
Visitação de terça à sexta, 9h às 19h – Sábados e domingos, 14h às 18h  – Gratuito – Livre
A partir de missivas e encontros realizados com as atrizes cearenses Aline Silva, Ângela Moura, Juliana Capibaribe, Juliana Carvalho, Marina Brito, Marta Aurélia, Mazé Figueiredo, Rita Cidade, Sâmia Bittencourt e Zizi Telécio, a atriz Sol Moufer recolhe imagens, depoimentos, cenas e, principalmente, a doação de figurinos, pedaços da história teatral e de vida de cada uma dessas atrizes. O Vestido é isso: uma colagem de figurinos de atrizes que se entranham em outra veste a partir da nostalgia, do encontro, do afeto, do desapego e da entrega; sem medo de presentificar o passado. 

>> PROGRAMAÇÃO DIÁRIA

Dia 01.12 – Domingo

Visita Guiada – 14h | 15h | 16h

17h30 – [Teatro] Espetáculo “D. Menina”, do K’Os Coletivo
Local: Sala de Teatro
Entrada: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 60 minutos

A vida de D. Menina é cuidar das suas plantas e animais. Seu maior pesadelo é saber que pode perdê-los! O espetáculo é uma representação do palhaço Pipiu que transforma a realidade em sonho mostrando a vida de D. Menina. Para bebês a partir de 6 meses. O elenco é composto por Aldrey Rocha e Aline Campelo, tendo como músico Vinicius Pinho e na técnica Rebeka Lúcio.

18h – [Dança] Espetáculo “Corsário” e “The Fairy Doll” Ballet Hugo Bianchi
Local: Palco Principal
Entrada: R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 120 minutos
“Corsário”: O ballet é contado em 3 atos, com prólogo e epílogo, e começa em alto mar, onde o navio de Conrado, líder dos corsários, enfrenta uma tempestade. Apesar dos esforços de sua tripulação, o navio acaba encalhando na costa de uma ilha grega. Conrado e seus homens, Birbanto e o escravo Ali, são encontrados na praia por um grupo de jovens, lideradas por Medora e sua melhor amiga Gulnara. Eles contam sobre suas aventuras e como foram parar naquele lugar, e durante o relato, Medora e Conrado imediatamente se apaixonam e entram em uma aventura.“The Fairy Doll”

Dia 02.12 – Segunda-Feira

18h30 – [Dança] Espetáculo “A bela adormecida – Um conto a dois”, Studio de Dança Mainara Albuquerque
Local: Palco Principal
Entrada: R$80,00 (inteira) e R$40,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 3h

Dia 03.12 – Terça-Feira

Visita Guiada – 09h | 10h | 11h | 14h | 15h | 16h | 17h

18h30 – [Dança] Espetáculo “A bela adormecida – Um conto a dois”, Studio de Dança Mainara Albuquerque
Local: Palco Principal
Entrada: R$80,00 (inteira) e R$40,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 3h

Dia 04.12 – Quarta-Feira

Visita Guiada – 09h | 10h | 11h | 14h | 15h | 16h | 17h

17h30, 18h30 e 20h – [Multilinguagem] MASSAFEIRA Livre, 40 anos
Local: Calçada, Jardim e Palco Principal
Entrada: Palco Principal: R$60,00 (inteira) e R$30,00 (meia) e Calçada, Jardim: Gratuito
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 90 minutos (show)

Foi em 1979 que o Theatro José de Alencar abriu suas portas para receber em seu palco e seus jardins uma verdadeira avalanche de artistas em quatro dias de shows daqueles dias de março. Era a Massafeira Livre, evento que entrou para a história, e transformado em LP duplo, se eternizou em canções. 40 anos depois iremos comemorar a perenidade do Movimento Cultural Coletivo Massafeira, sua ampla influência sobre as gerações que a sucederam, com uma mostra de shows.

Dia 05.12 – Quinta-Feira

Visita Guiada – 09h | 10h | 11h | 14h | 15h | 16h | 17h

17h30, 18h30 e 20h – [Multilinguagem] MASSAFEIRA Livre, 40 anos
Local: Calçada, Jardim e Palco Principal
Entrada: Palco Principal: R$60,00 (inteira) e R$30,00 (meia) e Calçada, Jardim: Gratuito
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 90 minutos (show)

Foi em 1979 que o Theatro José de Alencar abriu suas portas para receber em seu palco e seus jardins uma verdadeira avalanche de artistas em quatro dias de shows daqueles dias de março. Era a Massafeira Livre, evento que entrou para a história, e transformado em LP duplo, se eternizou em canções. 40 anos depois iremos comemorar a perenidade do Movimento Cultural Coletivo Massafeira, sua ampla influência sobre as gerações que a sucederam, com uma mostra de shows.

Dia 06.12 – Sexta-Feira

Visita Guiada – 09h | 10h | 11h | 14h | 15h | 16h | 17h

17h30, 18h30 e 20h – [Multilinguagem] MASSAFEIRA Livre, 40 anos
Local: Calçada, Jardim e Palco Principal
Entrada: Palco Principal: R$60,00 (inteira) e R$30,00 (meia) e Calçada, Jardim: Gratuito
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 90 minutos (show)

Foi em 1979 que o Theatro José de Alencar abriu suas portas para receber em seu palco e seus jardins uma verdadeira avalanche de artistas em quatro dias de shows daqueles dias de março. Era a Massafeira Livre, evento que entrou para a história, e transformado em LP duplo, se eternizou em canções. 40 anos depois iremos comemorar a perenidade do Movimento Cultural Coletivo Massafeira, sua ampla influência sobre as gerações que a sucederam, com uma mostra de shows.

Dia 07.12- Sábado

Visita Guiada – 14h | 15h | 16h | 17h

17h – [Música] Recital “Onde está a canção” – Canto na Música Popular 4 – Projeto Sinfonia Brasileira
Local: Foyer
Entrada: Gratuita
Classificação indicativa: Livre
Duração: 120 minutos

“Onde está a canção” é o recital da disciplina Canto na Música Popular IV, componente curricular da licenciatura em música da UFC. Nesta etapa da formação em canto popular, os alunos fazem repertório referente aos nomes da composição popular brasileira que estão atuando do início dos anos 2000 até os dias atuais. “Onde está a canção?” dá voz às novas possibilidades surgidas nesses 20 anos dos anos 2000, mostrando que a MPB não está morta, e sim reformulada, para que consiga sobreviver numa ambiência social muito mais cruel com a arte do que nos primórdios deste gênero.

19h – [Teatro] Espetáculo “Tempo de Retirada” – Estreia CLPT 2019. Direção: Luís Carlos Shinoda (Chamada de Ocupação 2019)
Local: Sala de Teatro
Entrada: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Classificação Indicativa: 12 anos
Duração: 60 minutos

É tempo de retirada. O jardim das flores secas precisa de cuidado. Rosa, esqueça essas facas, elas estão cegas, esqueça seu passado, escute os conselhos. É tempo de retirada. O jardim das flores secas precisa de cuidado. Amélia, seja livre, viva! você não está sozinha. ainda há tempo… Tempo de retirada.


Ballet Mônica Luiza

19h – [Dança] Espetáculo “Sylvia Ninfa de Diana”, do Ballet Mônica Luiza
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 2h15

Dia 08.12 -Domingo

Visita Guiada – 14h | 15h | 16h

17h – [Música] Sala de Concerto – Concerto “História da música, de Bach a Legião Urbana, com Orquestra de Câmara Villa Lobos
Local: Foyer
Entrada: R$10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 70 minutos

O estudante de piano Victor Trajano integrante da Orquestra de Câmara Heitor Villa- Lobos apresenta o resultado de seus estudos com o maestro Leonardo Sidney. O concerto “história da música” tem caráter didático e visa um breve passeio pela história da música de Bach e outros nomes da música erudita a grandes sucessos da nossa história tais como Elvis Presley e Legião urbana que serão interpretados pelo pianista em sua primeira apresentação solo.

18h – [Dança] Espetáculo “Sylvia Ninfa de Diana”, do Ballet Mônica Luiza
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 2h15

19h – [Teatro] Espetáculo “Tempo de Retirada” – Estreia CLPT 2019. Direção: Luís Carlos Shinoda (Chamada de Ocupação 2019)
Local: Sala de Teatro
Entrada: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Classificação Indicativa: 12 anos
Duração: 60 minutos

É tempo de retirada. O jardim das flores secas precisa de cuidado. Rosa, esqueça essas facas, elas estão cegas, esqueça seu passado, escute os conselhos. É tempo de retirada. O jardim das flores secas precisa de cuidado. Amélia, seja livre, viva! você não está sozinha. ainda há tempo… Tempo de retirada.

Dia 10.12 – Terça-Feira

Visita Guiada – 9h|10h|11h|14h|15h |16h|17h


Espetáculo “Co.VIL”. Foto Tim Oliveira.

17h30 e 19h30 – [Teatro] TEMPORADA CPBT 2019 – Turma Manhã – Espetáculo “Co.VIL”
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia) – limitado a 120 lugares (plateia no palco)
Classificação Indicativa: 14 anos
Duração: 50 minutos

Num dos porões esquecidos de uma cidade apocalíptica – de um país não tão distante – em que a água é escassa, a vida resiste. O lugar representa um dos bairros periféricos que servem como descarga para o lixo proveniente do bairro central, uma espécie de bolha artificial de riqueza e consumo excessivo nesse mar de lixo e miséria. No bairro central, em sua sala de jantar, uma família celebra o Natal.

Dia 11.12 – Quarta-Feira

Visita Guiada – 9h|10h|11h|14h|15h |16h|17h

17h30 e 19h30 – [Teatro] TEMPORADA CPBT 2019 – Turma Manhã – Espetáculo “Co.VIL”
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia) – limitado a 120 lugares (plateia no palco)
Classificação Indicativa: 14 anos
Duração: 50 minutos

Num dos porões esquecidos de uma cidade apocalíptica – de um país não tão distante – em que a água é escassa, a vida resiste. O lugar representa um dos bairros periféricos que servem como descarga para o lixo proveniente do bairro central, uma espécie de bolha artificial de riqueza e consumo excessivo nesse mar de lixo e miséria. No bairro central, em sua sala de jantar, uma família celebra o Natal.

19h – [Teatro] Premiação da Mostra de Teatro do Estudante 2019
Local: Foyer
Entrada: Gratuito
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 120 minutos

Dia 12.12 – Quinta-Feira

Visita Guiada – 09h | 10h | 11h | 14h | 15h | 16h | 17h


Espetáculo “Maréa”. Foto Tim Oliveira.

17h30 e 19h30 – [Teatro] TEMPORADA CPBT 2019 – Turma Tarde – Espetáculo “Maréa”
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia) – limitado a 80 lugares
Classificação Indicativa: 12 anos
Duração: 50 minutos

O que fazer quando uma família só tem uma manga para comer? À beira de um rio, uma comunidade centenária está ameaçada de ser expulsa de suas terras. Poderosos da mídia com seus discursos atraentes decidem higienizar o local. O que une a comunidade ribeirinha é a sua resistência e o respeito à natureza, transmitido de geração à geração pelo mito de Maréa, protetora de todos os seres.


“Recital de Natal”

19h – [Música] Conexões Sonoras – “Recital de Natal”, Coral do Canto da Apá
Local: Calçada
Entrada: Gratuita
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 40 minutos

A apresentação conta com a atração principal do Coral do Canto da Apá e grupos convidados como o Coral da Sefaz, o Coletivo Nossa Voz, Léo Pessoa e Maria Gabriela que, acompanhados pelo músico Eduardo Holanda, apresentam canções natalinas especiais e emocionantes. O repertório é cheio de luz em lembrança da representatividade do espírito natalino e comemoração ao nascimento do menino Jesus. Músicas como “Chorinho Natalino”, “Linda Estrela” e “O Infante” farão parte do setlist.

Dia 13.12 – Sexta-Feira

Visita Guiada – 09h | 10h | 11h | 14h | 15h | 16h | 17h

17h30 e 19h30 – [Teatro] TEMPORADA CPBT 2019 – Turma Tarde – Espetáculo “Maréa”
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia) – limitado a 80 lugares
Classificação Indicativa: 12 anos
Duração: 50 minutos

O que fazer quando uma família só tem uma manga para comer? À beira de um rio, uma comunidade centenária está ameaçada de ser expulsa de suas terras. Poderosos da mídia com seus discursos atraentes decidem higienizar o local. O que une a comunidade ribeirinha é a sua resistência e o respeito à natureza, transmitido de geração à geração pelo mito de Maréa, protetora de todos os seres.

19h – [Música] Espetáculo “Terra mãe” do Coral CAIS – Coral Amigos da Izaíra Silvino
Local: Foyer
Entrada: R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 60 minutos

De denúncia e esperanças. pura beleza. Pingo de Fortaleza e Henrique Beltrão (natureza do amor), cançoneta cantada desde dois séculos atrás (a árvore da montanha), Didi Moraes (apocalipse), um coletivo de compositores da mpb (chega de mágoas), Pixinguinha (rosa), Paul Garfunkel traduzido por Rubinho do Vale (filhote do filhotes) estarão anunciando a força da ação humana, em direção ao abraço com a natureza do planeta, em busca de vida em abundância. Arranjos, em sua maioria, de Davi Silvino, com textos de Edna Paim, Rosa Firmo, com interpretação de Nonato Albuquerque e Inês Frasen. Léo pessoa tem participação especial. Direção e regência de Izaíra Silvino.

Dia 14.12 – Sábado

Visita Guiada – 14h | 15h | 16h | 17h


Espetáculo “Toró”. Foto Tim Oliveira.

17h30 e 19h30 – [Teatro] TEMPORADA CPBT 2019 – Turma Noite – Espetáculo “Toró”
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia) – limitado a 120 lugares (plateia no palco)
Classificação Indicativa: 12 anos
Duração: 50 minutos

Quando as sábias de uma cidade desaparecem, a chuva abandona os céus. O rio, que antes atravessava a região, perde seu curso e morre. A seca traz consigo a inusitada proposta da instalação de um grande monumento na cidade, que promete trazer a água de volta por meio de um sacrifício que coloca em questão os valores da comunidade. Incansavelmente levados a uma desertificação de si, como é possível lembrar que esses moradores também são correnteza? Criada pelos alunos do Curso Princípios Básicos de Teatro (Turma 2019 – noite), Toró é uma alegoria da luta por sobrevivência da ancestralidade, do poder do coletivo e da relação íntima com a natureza frente aos mecanismos de controle promovidos por forças que atuam contra as vidas que não convêm.

19h – [Teatro] Espetáculo “Tempo de Retirada” – Estreia CLPT 2019. Direção: Luís Carlos Shinoda (Chamada de Ocupação 2019)
Local: Sala de Teatro
Entrada: R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia)
Classificação Indicativa: 12 anos
Duração : 60 minutos

É tempo de retirada. O jardim das flores secas precisa de cuidado. Rosa, esqueça essas facas, elas estão cegas, esqueça seu passado, escute os conselhos. É tempo de retirada. O jardim das flores secas precisa de cuidado. Amélia, seja livre, viva! você não está sozinha. ainda há tempo… Tempo de retirada.

Dia 15.12 – Domingo

Visita Guiada – 14h | 15h | 16h

17h – [Música] Sala de Concerto: “Recital Didático – Do clássico ao popular”, com alunos do curso de piano da professora Mirian Lin.
Local: Foyer
Entrada: Gratuito
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 60 minutos

17h30 e 19h30 – [Teatro] TEMPORADA CPBT 2019 – Turma Noite – Espetáculo “Toró”
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia) – limitado a 120 lugares (plateia no palco)
Classificação Indicativa: 12 anos
Duração: 50 minutos

Quando as sábias de uma cidade desaparecem, a chuva abandona os céus. O rio, que antes atravessava a região, perde seu curso e morre. A seca traz consigo a inusitada proposta da instalação de um grande monumento na cidade, que promete trazer a água de volta por meio de um sacrifício que coloca em questão os valores da comunidade. Incansavelmente levados a uma desertificação de si, como é possível lembrar que esses moradores também são correnteza? Criada pelos alunos do Curso Princípios Básicos de Teatro (Turma 2019 – noite), Toró é uma alegoria da luta por sobrevivência da ancestralidade, do poder do coletivo e da relação íntima com a natureza frente aos mecanismos de controle promovidos por forças que atuam contra as vidas que não convêm.

19h – [Teatro] Espetáculo “Tempo de Retirada” – Estreia CLPT 2019. Direção: Luís Carlos Shinoda (Chamada de Ocupação 2019)
Local: Sala de Teatro
Entrada: R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia)
Classificação Indicativa: 12 anos
Duração : 60 minutos

É tempo de retirada. O jardim das flores secas precisa de cuidado. Rosa, esqueça essas facas, elas estão cegas, esqueça seu passado, escute os conselhos. É tempo de retirada. O jardim das flores secas precisa de cuidado. Amélia, seja livre, viva! você não está sozinha. ainda há tempo… Tempo de retirada.

Dia 17.12 – Terça-Feira

Theatro de Portas Abertas – Programação Gratuita

Visita Guiada – 09h | 10h | 11h | 14h | 15h | 16h | 17h

09h – [GESTÃO] E Agora, José?
Local: Teatro Morro do Ouro
Entrada: Gratuito
Classificação Indicativa: livre
Duração: 60 minutos

“E Agora, José?” é um programa de diálogos para a construção de uma gestão participativa do Theatro José de Alencar com o objetivo de fomentar e construir junto à classe artística e a comunidade, propostas de programação, e formação levando em consideração a vocação do TJA, enquanto destacado palco para as artes no Ceará.

16h30 – [Tradição] Pastoril Pirambu
Local: Calçada
Entrada: Gratuito
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 60 minutos

Com o objetivo de promover e efetivar um evento que valorize os grupos de quadrilhas juninas infantis, reafirmando a importância dos mesmos para a manutenção das festividades juninas nas terras alencarinas.

18h – [Música] Orquestra Filarmônica Jovem do Conjunto Ceará – Hora do Angelus e Concerto Natalino
Local: Jardim
Entrada: Gratuito
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 60 minutos

19h – [Artes Visuais] ABERTURA DA EXPOSIÇÃO “​O VESTIDO “ – Atrizes em cena (Chamada de Ocupação / 2019)
Local: Galeria Ramos Cotoco
Entrada: Gratuito
Classificação Indicativa: livre
Duração: 17/12 a 20/01

A partir de missivas e encontros realizados com as atrizes cearenses Aline Silva, Ângela Moura, Juliana Capibaribe, Juliana Carvalho, Marina Brito, Marta Aurélia, Mazé Figueiredo, Rita Cidade, Sâmia Bittencourt e Zizi Telécio, a atriz Sol Moufer recolhe imagens, depoimentos, cenas e, principalmente, a doação de figurinos, pedaços da história teatral e de vida de cada uma dessas atrizes. O Vestido é isso: uma colagem de figurinos de atrizes que se entranham em outra veste a partir da nostalgia, do encontro, do afeto, do desapego e da entrega; sem medo de presentificar o passado. 


Espetáculo “ÎANDÉ TEKOHA”. Foto Luiz Alves

19h30 – [Teatro] Festival de Teatro de Fortaleza: Espetáculo “ÎANDÉ TEKOHA”, Grupo Expressões Humanas
Local: Palco Principal
Entrada: Gratuito
Classificação: Livre
Duração: 60 minutos

Uma velha indígena vive num acostamento de beira de estrada há pelo menos uma década, onde só restou de sua família a neta de sete anos. As duas vivem em situação de vulnerabilidade enquanto a “mão do progresso” e do agronegócio movimentam suas estradas e cercas, expandido o negócio e o mercado para além da vida. Nessa contramão as duas resistem ao pé da cerca que as separa de sua terra, de seu território, de seu tekoha.

Dia 18.12 – Quarta-Feira

Visita Guiada – 09h | 10h | 11h | 14h | 15h | 16h | 17h

16h30 – [Tradição ] Pastoril do COPAI
Local: Calçada
Entrada: Gratuito
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 60 minutos

18h – [LITERATURA ] Lançamento dos livros “Ceará em Letras”, e “Mulheres Cearenses”
Local: Foyer
Entrada: Gratuito
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 90 minutos

19h30 – [DANÇA] Espetáculo “Etéreo”, Escola de Ballet Goretti Quintella
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 40,00 (inteira) R$ 20,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 90 minutos

Dia 19.12 – Quinta-Feira

Visita Guiada – 09h | 10h | 11h | 14h | 15h | 16h | 17h

17h30 – [Música] Cantares de Natal
Local: Calçada
Entrada: gratuito
Classificação Indicativa: livre
Duração: 60 minutos

19h30 – [DANÇA ] Espetáculo “Etéreo”, Escola de Ballet Goretti Quintella
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 40,00 (inteira) R$ 20,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 90 minutos

Dia 20.12 – Sexta-Feira

Visita Guiada – 09h | 10h | 11h | 14h | 15h | 16h | 17h

17h30 [Multilinguagem] Noite das Estrelas – Roda de conversa com a temática “O desafio da produção cultural feminina – avanços e desafios”
Local: Anexo Cena
Entrada: 1kg de alimento
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 60 minutos

18h30 – [Música] Noite das Estrelas – “Da Massafeira à tropicália, uma homenagem às mulheres de luta da cultura e da arte do nosso estado – Troféu cultura”
Local: Anexo Cena
Entrada: 1kg de alimento
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 3h


Cia. Vidança

19h30 – [Dança] Espetáculo “Histórias de Acordar o Amanhã”, Cia. Vidança
Local: Palco Principal
Entrada: Gratuito
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 90 minutos

Com a direção assinada pela coreógrafa e bailarina Anália Timbó, “Histórias de Acordar o Amanhã” nasce dos exercícios de criação coreográfica dos alunos, onde foi proposto que expressassem através dos movimentos, contos de suas próprias vivências. As aulas inspiraram Anália, que rememorando a fundação da Vidança, montou a narrativa. A história, que é contada em tom de fábula e realismo fantástico, conta a história da Vidança, desde o seu nascimento as margens da Barra do Ceará; a sua fixação na comunidade do bairro Vila Velha; as dificuldades; as glórias; a trajetória dos alunos, professores e colaboradores da Instituição. O cenário e figurino do “Histórias de Acordar o Amanhã” também partiu do processo criativo das aulas, onde os alunos bordaram suas impressões do mundo. O resultado é um conjunto visual artístico, que reúne elementos unidos.

Dia 21.12 – Sábado

Visita Guiada – 14h | 15h | 16h | 17h

18h e 20h – [Circo] “Mandalascar” – Mostra de Conclusão da 6º turma da Academia do Riso
Local: T. Morro do Ouro
Entrada: R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 90 minutos

18h30 – [Dança] Espetáculos “Quebra Nozes” e “Joanne”, Escola de Ballet Janne Ruth
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 40,00 (inteira) R$ 20,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 100 minutos

19h – [Teatro] Espetáculo Tempo de Retirada – Estreia CLPT 2019. Direção: Luís Carlos Shinoda (Chamada de Ocupação 2019).
Local: Sala de Teatro
Entrada: R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia)
Classificação Indicativa: 12 anos
Duração: 60 minutos

É tempo de retirada. O jardim das flores secas precisa de cuidado. Rosa, esqueça essas facas, elas estão cegas, esqueça seu passado, escute os conselhos. É tempo de retirada. O jardim das flores secas precisa de cuidado. Amélia, seja livre, viva! você não está sozinha. ainda há tempo… Tempo de retirada.

Dia 22.12 – Domingo

Visita Guiada – 14h | 15h | 16h


Edinho Vilas Boas

17h – [Música] Sala de concerto: Show “Leve Liberdade Leve” de Edinho Vilas Boas
Local: Foyer
Entrada: R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 60 minutos

Um dos mais destacados cantores e compositores cearenses, Edinho Vilas Boas apresenta um espetáculo especial, em que ele divide o palco com sua filha, a também cantora, compositora e violonista e pianista Yayá Vilas Boas, em um encontro de gerações e emoções, diante de uma herança musical de amor, leveza e liberdade. “Leve liberdade leve” é uma canção inédita composta por Edinho Vilas Boas e interpretada por ele e Yayá, refletindo também sobre o respeito às diferenças e a manifestação do amor através da arte.

16h – [Dança] Espetáculo “As Aventuras de Poliana “ Ballet Jéssica Sombra .
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 50,00 (inteira) R$ 25,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 120 minutos

18h30 – [Dança] Espetáculos “Quebra Nozes” e “Joanne”, Escola de Ballet Janne Ruth
Local: Palco Principal
Entrada: R$ 40,00 (inteira) R$ 20,00 (meia)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 100 minutos

19h – [Música] Espetáculo Tempo de Retirada – Estreia CLPT 2019. Direção: Luís Carlos Shinoda (Chamada de Ocupação 2019).
Local: Sala de Teatro
Entrada: R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia)
Classificação Indicativa: 12 anos
Duração: 60 minutos

É tempo de retirada. O jardim das flores secas precisa de cuidado. Rosa, esqueça essas facas, elas estão cegas, esqueça seu passado, escute os conselhos. É tempo de retirada. O jardim das flores secas precisa de cuidado. Amélia, seja livre, viva! você não está sozinha. ainda há tempo… Tempo de retirada.