O Theatro José de Alencar (TJA), equipamento da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult Ceará), gerido pelo Instituto Dragão do Mar (IDM), recebe no próximo dia 10 de dezembro, às 16h, o músico Ayrton Pessoa com o concerto instalativo intitulado “Metamorphosis”. A apresentação acontece no Foyer, com três horas de duração, tendo como base a obra homônima do compositor Philip Glass.

O concerto propõe trazer o ciclo de cinco peças para piano e experimentar as suas possíveis relações com o espaço e o tempo, expandindo sua duração pela repetição e provocando a percepção da música e do comportamento do som na sala ao atravessar a mudança de luz e a circulação do público. 

Com perfil de instalação, a apresentação oferece ao público maior autonomia na construção da sua experiência através das possibilidades de percurso, duração, proximidade e distância, uma vez que este tem livre circulação: pode entrar, sair e retornar a qualquer momento do concerto, sentar ou não. 

Em número reduzido, as cadeiras estarão distribuídas de modo não unidirecional, permitindo diferentes paisagens, aproveitando inclusive as janelas do local, que evidenciam a lenta e natural transformação do ambiente pela diminuição da luz solar.

O ciclo de cinco partes (cerca de 30 minutos no total), que será repetido durante as três horas do concerto, foi lançado em 1989 no álbum “Philip Glass: Solo Piano”, inspirado na obra “A Metamorfose”, de Franz Kafka, de 1915. A repetição, característica estrutural da música de Glass, é intensificada nessa proposta, favorecendo o diálogo com formas, sensações, estados, mutações e outras possíveis, lentas e mínimas impermanências. 

SERVIÇO

Concerto instalativo “Metamorphosis”, de Ayrton Pessoa

Quando: 10 de dezembro (sexta-feira), das 16h às 19h

Onde: Foyer do Theatro José de Alencar (Rua Liberato Barroso, 525 – Centro)

Gratuito (Obrigatório o uso de máscara de proteção e a apresentação de comprovante com as duas doses da vacina contra a Covid-19)